XS
SM
MD
LG
XL

©2018 NOVOS URBANOS ALL RIGHTS RESERVED

SHARE

Quem somos

O Novos Urbanos atua por meio da ativação de ecossistemas com o objetivo de fomentar a inovação social

O Novos Urbanos, idealizado por Denise Chaer, inicialmente se desafiou a compreender, a partir de um olhar coletivo, o tema emergente da sustentabilidade e do consumo nas grandes cidades. Desde 2015, vem promovendo diálogos transetoriais, que buscam reunir atores divergentes para desenhar e modelar políticas públicas e privadas de interesse público. Sua proposta é fomentar campos de cooperação para que nasçam soluções inovadoras e disruptivas com potencial de impacto e escala.
Denise Chaer nasceu no Rio de Janeiro e cresceu entre Ganeshpuri, no interior da Índia, e South Fallsburg, nos Estados Unidos. É diretora executiva da Conteúdo Verde - Consultoria emSustentabilidade. Liderou projetos voltados para o diálogo e o desenvolvimento humano e social, tendo realizado consultorias para Natura, Banco Real, Fundação Vale do Rio Doce, Amil e Fazenda da Toca. Tornou-se referência na aplicação da Teoria U no Brasil, a partir dos Laboratórios de Inovação Social no campo da alimentação e nutrição.
O que fazemos

Diálogos transetoriais

Articulamos diálogos transetoriais entre atores divergentes em busca de convergência de ação. Acreditamos que o coletivo plural é o novo sujeito político de ação.Durante os últimos cinco anos de atuação, o Novos Urbanos agregou mais de 300 pessoas em torno da proposta de inovar a partir do diálogo.

 

COMO FAZEMOS

Metodologia
de Inovação
Social - Teoria U

Nossos diálogos são baseados na metodologia de inovação social ‘Teoria U’, que foi desenvolvida por um grupo de professores do MIT com a liderança do Prof. Dr. Otto C. Scharmer (MIT Sloan School of Management).

Co-iniciar
Co-sentir
Co-evoluir
Co-criar
Presenciar
NOSSOS PARCEIROS
Instituições que participaram de nossos diálogos
Instituições que co-financiaram nossos diálogos
Labs

Laboratórios de inovação social

Os laboratórios de inovação social são jornadas de aprendizado coletivo e oportunidades de escuta do divergente. Conduzidos pela Teoria U, eles fomentam campos de colaboração entre atores que atuam em espaços distintos de um sistema para a prototipagem de ideias e soluções disruptivas para problemas complexos. São, assim, laboratórios de prática: é fazendo, arriscando, errando, prototipando que se chega à ideia inovadora.

Labs

Alimentação

Durante os últimos cinco anos, o Novos Urbanos se dedicou a mapear e compreender o sistema alimentar brasileiro. Iniciamos nossa investigação pela perspectiva da saúde, mas ao longo do caminho nos aproximamos do desafio da produção de alimentos e seu impacto no desenvolvimento da sociedade. E assim nos juntamos ao Imaflora e ao GeoLab da Universidade de São Paulo na jornada do nosso segundo laboratório.

Mais de 100 instituições participaram dos dois Laboratórios e dos diversos ciclos de diálogos realizados nesse período.
Dezenas de campos de cooperação foram fomentados e praticamos múltiplas ideias e protótipos. Três deles ganharam corpo e as ruas.

Cada prato de comida se conecta à semente colocada na terra através de uma complexa governança e um conjunto de instituições, empresas, leis, esforços e arranjos.